The Killers vai investigar acusação de abuso sexual contra integrante da equipe de turnê

O The Killers vai investigar as acusações de uma ex-engenheira de som contra um integrante da equipe de turnê da banda. Os advogados da banda falaram sobre a situação em comunicado oficial divulgado na última quarta, dia 29. As informações são do site Consequence of Sound.

“Antes de qualquer coisa, qualquer alegação de comportamento inapropriado de alguém na equipe de turnê do The Killers é levada muito a sério pela banda e pela gerência dela”, dizia o comunicado dos advogados.

“A história dessa pessoa é assustadora e, embora o The Killers não tenha a mesma equipe de turnê em 2020 que ela teve no início de sua carreira, estarão conduzindo uma investigação completa sobre a equipe de turnê passada e presente”, continuou o comunicado.

“A equipe jurídica entrará em contato com essa pessoa para obter mais informações e clareza sobre os supostos incidentes, conforme detalhado, bem como para o fornecedor de áudio que conseguiu a equipe para a turnê. A banda está surpresa e chocada com essas alegações. O comportamento atribuído a eles e sua equipe é irreconhecível e contraria diretamente os princípios com os quais eles administram seu local de trabalho”, concluiu.

As alegações foram feitas por uma engenheira de som chamada Chez Cherrie, que foi contratada como fornecedora de terceiros para trabalhar na turnê dos The Killers em 2009. Em uma postagem no blog, ela detalhou o comportamento abusivo e misógino de integrantes da turnê, incluindo um suposto abuso sexual ocorrido em Milwaukee.

Rolar para cima

BAIXE O APP DA KISS FM