Morre Rubens Gioia, guitarrista do banda A Chave do Sol

O paulistano Rubens Gioia Martins, um dos ícones da guitarra, faleceu nesta sexta-feira, dia 15, após complicações advindas de uma cirurgia. Nascido no dia 4 de maio de 1963, teve a música desde cedo em sua vida. Sua mãe, organista, conheceu o pai, poeta, e ele começou a arranhar um violino só para acompanhá-la. “E assim nasceu minha família”. Seu irmão mais velho tinha uma banda que tocava músicas dos Beatles e sempre conseguia comprar discos vindos lá de fora. “Quando ele se mudou para o interior para fazer faculdade, me elegeu guardião desse tesouro bastante eclético. Tinha Hard, Progressivo, Fusion, Blues, enfim, tudo de bom. Minha memória musical vem certamente desta mistura, que ainda contava com muita Música Clássica”.

Rubens começou com as aulas de piano, mas aos 13 anos se enveredou definitivamente pelas seis cordas. Então, com vizinhos e amigos da escola, montou a primeira banda, A Chave do Sol, que contava com Luiz Domingues (baixo) e José Luiz Dinola (bateria). Após a estreia nos palcos, ocorrida em 25 de setembro de 1982, A Chave do Sol trabalhou intensamente. Com isso, Rubens foi conseguindo mostrar sua destreza e técnica, até se tornar um dos ícones da guitarra no rock pesado brasileiro. Muitas bandas brasileiras, que usam a virtuose em sua sonoridade devem muito ao trabalho da paulistana A Chave do Sol, que aliava hard rock com jazz, além de toques sutis de heavy metal. O programa “A Fábrica do Som”, da TV Cultura, tinha como música de abertura uma composição instrumental da Chave do Sol.

Com A Chave do Sol, Rubens gravou o compacto “Luz” (1984) e o EP “A Chave do Sol” (1985, com o saudoso vocalista Fran Dias), além do álbum “The Key” (1987), com A Chave, gravado com o vocalista Roberto Cruz e Ivan Busic (bateria) como convidado.

Depois d’A Chave do Sol, Rubens tocou em bandas como Yankee e a icônica Patrulha do Espaço com quem gravou o disco “Primus Inter Pares” (1994). Passou trabalhar como cerimonialista, mas sem deixar a música, tendo participado das bandas 6L6 e GSM. Rubens também atuou como radialista com o programa “Blog do Rubão”, no ar desde 2014.

Rolar para cima

BAIXE O APP DA KISS FM