Geoff Tate rejeita plano de reunião do Queensrÿche

Ao contrário do que ainda sonham alguns fãs, o vocalista Geoff Tate não tem a menor intenção de participar de uma possível reunião da formação clássica do Queensrÿche. Foi o que ele disse com todas as letras nesta semana ao podcast Glam Metalcast.

“Estou muito feliz com as coisas do jeito que estão. Passei 30 anos de minha vida fazendo música com aqueles caras, tenho muito orgulho do legado que deixei, das músicas que escrevi. Não tenho a menor necessidade de voltar no tempo e ressuscitar isso”, disse Geoff Tate. “Estou bem e estou feliz com o que estou fazendo atualmente. Tenho uma banda fantástica, com músicos incríveis.”

Tate foi “saído”do Queensrÿche em 2012, iniciando uma batalha judicial de dois anos pelo uso do nome da banda.

Ao final do processo, Michael Wilton (guitarra), Scott Rockenfield (bateria) e Eddie Jackson (baixo) ficaram com o nome Queensrÿche, enquanto Geoff Tate ficou com o direito de tocar todas as músicas dos álbuns Operation: Mindcrime e Operation: Mindcrime II ao vivo.

Após ter saído do Queensrÿche, Geoff Tate fundou o projeto Operation: Mindcrime e com ele lançou três álbuns: The Key (2015), Resurrection (2016) e The New Reality (2017).

Em fevereiro último, Tate lançou um lyric video do single Strong Pressure, que integra o segundo álbum de seu projeto Sweet Oblivion. Intitulado Relentless, o álbum sai em abril via Frontiers Music.

Rolar para cima

BAIXE O APP DA KISS FM