Don Airey precisou de terapia após convencer Randy Rhoads a embarcar em voo do acidente

Produtor Max Norman revelou a história em recente entrevista

Randy Rhoads morreu de forma prematura e trágica, aos 25 anos, em um acidente aéreo. Antes do passeio, o guitarrista foi convencido pelo colega Don Airey, tecladista de Ozzy Osbourne na época.

De acordo com o produtor Max Norman, responsável pelos três primeiros álbuns solo do Príncipe das Trevas, o guitarrista tinha muito medo de viagens aéreas. Por isso, quando recebeu a notícia da morte do músico, Norman ficou surpreso que Rhoads estivesse em um avião naquela noite.

“[Randy] odiava viajar de avião. Anos mais tarde, descobri que (…) foi o tecladista Don que o persuadiu a ir”, contou ao The Metal Voice [via Ultimate Guitar]. “E descobri que Don esteve na terapia por anos por causa disso, sinto muito por ele”.

No dia do acidente, durante uma parada na turnê, os músicos foram convidados pelo motorista Andrew Aycock para dar voltas de avião por pura diversão. Após desembarcar em segurança, Airey provavelmente encorajou o amigo para participar da distração. Quando o acidente ocorreu, o tecladista testemunhou tudo. “Nunca entendi por que ele tinha feito aquilo, então posso entender por que Don ficou muito abalado e se sentiu muito culpado por tê-lo persuadido”, lamentou Norman.

Wikimetal

Rolar para cima

BAIXE O APP DA KISS FM