Rock news

Notícias do mundo do Rock.
10 outubro 2018

Roger Waters – Allianz Parque, São Paulo – SP

09 de outubro de 2018

Por Otávio Juliano – Instagram @showsbyotavio
Fotos por Leandro Anhelli – www.anhelli.com.br – Instagram @anhelli1980

Quem já teve a oportunidade de ver Roger Waters ao vivo sabe do quão grandes são seus shows, tanto musicalmente quanto em termos de estrutura de palco e tudo que envolve uma apresentação desse porte.

Waters não economiza nos efeitos visuais e proporciona à plateia uma experiência única em seus concertos. Abrindo a turnê brasileira, que conta com oito datas ao longo do mês de outubro, o músico co-fundador do Pink Floyd fez em São Paulo seu primeiro show, na terça-feira.

Da última vez que veio ao Brasil, em 2012, Waters trouxe ao país a incrível turnê “The Wall Live”. Em 2018, Roger excursiona com a “Us + Them Tour”, trazendo sucessos de diversos álbuns da sua carreira com o Pink Floyd e algumas composições do disco solo “Is This the Life We Really Want?” (2017).

Em quase três horas de espetáculo, contando com um intervalo de 20 minutos, o vocalista executou canções como a bastante esperada “Wish You Were Here”, “Time”, “Money”, além das longas “Dogs” e “Pigs (Three Different Ones)”, esta última com direito a um porco inflável gigante e diversas imagens do presidente americano Donald Trump, a quem foi atribuído justamente a pecha de porco, em mensagem colocada no telão.

A essa altura o cenário do show reproduzia a capa do álbum “Animals” (1977) e todas as luzes e imagens eram escolhidas cuidadosamente a cada música tocada. O público “viajava” com o vocalista e sua banda canção por canção, com direito a raios laser, luzes coloridas e sons que ecoavam por todo o Allianz Parque, como o barulho de helicóptero em “The Happiest Days Of Our Lives”.

Esta música precedeu as muitos aguardadas “Another Brick in the Wall” Parts 2 e 3, quando o palco foi tomado por uma dúzia de adolescentes que cantaram e dançaram juntamente com a banda, vestindo macacões laranjas e por baixo camisetas pretas com a palavra “Resist” (“Resista”, em português).

No intervalo entre os dois sets do show mensagens contra a tortura, o autoritarismo e o fascismo surgiram no gigante telão, e nessa hora o candidato à presidência, Jair Bolsonaro, foi apontado como um neofacista. A partir daí e especialmente durante a execução de “Eclipse”, quando “Ele Não” apareceu em meio aos raios laser, o público se dividiu entre vaias ao cantor e aplausos em apoio ao seu posicionamento político.

Conhecendo a história de vida de Roger Waters e suas composições, sempre cheias de ativismo político, era de se esperar alguma manifestação nesse sentido. O que talvez pudesse ter sido evitado, dado o clima de intolerância e ânimos acirrados vividos no Brasil atualmente, era o posicionamento direto e nominal contrário a determinado candidato. Isso acabou por tirar o foco da plateia, pois boa parte das pessoas passou a se concentrar em gritos em favor de um ou outro candidato ou partido, deixando a música de lado. Alguns inclusive optaram por ir embora do estádio antes do show acabar.

Independentemente do posicionamento de cada um, a reunião de milhares de pessoas no Allianz Parque não se deu por razões políticas, mas sim por afinidade musical e por um mesmo desejo: o de apreciar as composições do Pink Floyd e da carreira solo de Roger Waters. O cantor pareceu não compreender muito bem as vaias a ele direcionadas, mas respeitou seus fãs e aguardou para se pronunciar e seguir com a apresentação.

Sua resposta veio com a canção “Mother”, com sua forte letra, seguida da psicodélica “Comfortably Numb”, quando já passava da meia-noite. O cantor inglês segue agora para outras cidades brasileiras, encerrando sua passagem pelo país em Porto Alegre, dia 30/10, dois dias após o segundo turno das eleições. É esperar para ver como será a reação do público nas outras capitais e especialmente nessa última data agendada.

Agradecimentos a David Franccesco Leme Frare (T4F) pela atenção e credenciamento.

Set List:

Parte 1

Speak to Me
Breathe
One of These Days
Time
Breathe (Reprise)
The Great Gig in the Sky
Welcome to the Machine
Déjà Vu
The Last Refugee
Picture That
Wish You Were Here
The Happiest Days of Our Lives
Another Brick in the Wall Part 2
Another Brick in the Wall Part 3

Parte 2

Dogs
Pigs (Three Different Ones)
Money
Us and Them
Smell the Roses
Brain Damage
Eclipse
Mother
Comfortably Numb

WhatsApp chat