Rock news

Notícias do mundo do Rock.
06 dezembro 2017

Relatório completo de autópsia de Chester Bennington é divulgado

Detalhes do trágico suicídio do frontman do Linkin Park, Chester Bennington, foram divulgados pela TMZ.

Segundo o relatório toxicológico, o músico apresentava níveis baixos de álcool em seu sistema, concluindo que ele não estava sob influência de bebida ou drogas quando faleceu.

O relatório também revela que havia um frasco do remédio Zolpidem, normalmente utilizado por quem tem dificuldades para dormir, e garrafas de cerveja em seu quarto.

A polícia ainda encontrou pedaços de unha embaixo de seu celular e em uma mesa próxima a ele, confirmando o que a viúva Talinda Bennington contou aos oficiais sobre Chester roer as unhas quando estava ansioso.

Talinda também confirmou o histórico de depressão do músico dizendo que em 2006, após consumir doses de álcool, ele saiu de casa com uma arma na mão.

No local da morte, não havia uma carta de despedida, comum em casos de suicídio, mas a TMZ revelou que a polícia encontrou o que acredita ser uma biografia escrita à mão.

Chester Bennington faleceu no dia 20 de Julho de 2017 aos 41 anos de idade. Sua morte aconteceu apenas dois meses após o suicídio de seu grande amigo Chris Cornell.

Fonte: Wikimetal