Rock news

Notícias do mundo do Rock.
22 fevereiro 2019

Peter Frampton revela doença muscular rara e anuncia turnê de despedida

Peter Frampton anunciou, na última sexta-feira, dia 22, sua turnê de despedida por conta da saúde. Em entrevista à CBS, o lendário músico de 68 anos declarou que sofre de uma doença muscular rara e degenerativa. A miosite por corpúsculos de inclusão que causa inflamações, fraqueza e atrofiamento nos braços e nas pernas.

A turnê do guitarrista e vocalista vai acontecer nos Estados Unidos entre junho e outubro. No total, serão 51 datas e contará com a abertura de Jason Bonham’s Led Zeppelin Evening.

Frampton também disse ao canal de TV norte-americano que tem gravado música de forma intensa desde que recebeu o seu diagnóstico. “Desde outubro, fizemos 33 novas faixas”, declarou. “Eu só quero gravar o máximo que puder, sabe? Agora, por razões óbvias”.

O músico soube da sua condição há três anos e meio após uma queda no palco. No ano passado, ele começou a sentir os efeitos da doença se acelerarem. Frampton declarou que já sente os efeitos em seus dedos, mas ainda é capaz de tocar bem sua guitarra.

A trajetória de Frampton começou na década de 1960, como um ídolo teen na Inglaterra com o grupo The Herd. O artista então fundou o Humble Pie, que o levou para as paradas britânicas. Mas foi na carreira solo que ficou conhecido mundialmente com o clássico álbum “Frampton Comes Alive!”, de 1976. Ele também tocou no álbum “Never Let Me Down” (1987), de seu amigo de infância, David Bowie.

Fonte: Marcos Chapeleta – Ligado a Música

WhatsApp chat