Rock news

Notícias do mundo do Rock.
21 agosto 2019

Larry Taylor, baixista do Canned Heat, morre aos 77 anos

O baixista Larry Taylor, que por décadas tocou com o Canned Heat, morreu na última terça-feira, dia 20, aos 77 anos. O músico tinha o apelido de “mole” (“toupeira”) e era, ao lado do baterista Adolfo de La Parra, o único membro das duas formações clássicas do quinteto que ainda estava na banda.

O grupo fez sucesso no final dos anos 60 e início dos 70 com sua versão mais pesada e psicodélica do blues e do boogie. Seus maiores sucessos foram “On The Road Again” e “Going Up The Country”, ambas lançadas em 1968. O músico há 12 anos lutava contra um câncer.

Taylor tocou com a banda no festival de Woodstock, em 1969. A história do Canned Heat ficou marcada pela tragédia. O guitarrista Alan Wilson, morreu aos 27 anos em 1970. Acredita-se que ele tenha se suicidado. O vocalista Bob Hite se foi em 1981, ao sofrer uma overdose aos 38 anos, e o guitarrista Henry Vestine, que em Woodstock foi substituído por Harvey Mandel, morreria em 1997 aos 52 anos, vítima de um ataque cardíaco.

Veja um trecho do show da banda no festival de Woodstock – eles se apresentaram no segundo dia, 16 de agosto de 1969:

Fonte: Vagalume

WhatsApp chat